in ,

Cultivar a não-violência também preserva palavras e pensamentos

Já pensou sobre como você pratica “ahimsa”?

pessoa praticando yoga

A temática da violência e os confrontos de pensamentos diferentes me levaram a escrever sobre “ahimsa” (do sânscrito “não violência”). É um princípio ético-religioso presente no hinduísmo e no budismo, e que consiste em não cometer violência contra outros seres. Faz parte também dos Yamas, uma espécie de código de ética no yoga, em que o praticante deve ter respeito pela sua vida, por seu corpo, pelas outras pessoas, além de não agir com violência também em palavras e pensamentos. O ahimsa é inspirado pela premissa de que todos os seres vivos têm uma centelha da energia espiritual divina, com isso, ferir alguém é ferir a si próprio.

Você deve lembrar desse princípio pelas histórias de Mahatma Gandhi, que liderou a independência da Índia pregando a resistência pacífica. Entre suas ideias a de que a violência é criada pela desigualdade, que não há caminho para a paz, pois a paz é o caminho e que há riqueza bastante no mundo para as necessidades do homem, mas não para a sua ambição. Em tempos de fake news, lembro ainda a frase dele de que “assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, estraga toda a nossa vida.​​​​” Há quem prefira falar sobre os erros da vida pessoal de Gandhi, mas não faz diferença, pois suas frases seguirão nos orientando para uma visão de que não devemos perder a fé na humanidade.

Afinal, porque escrevo sobre isso na coluna de bem-estar? Para perguntar se você já praticou ahimsa hoje. Durante sua meditação, sua prece, sua busca por equilíbrio espiritual e emocional, já parou para pensar como você pratica a não-violência da sua vida?

Siga-me nas redes sociais:
Instagram: www.instagram.com/alefiori.yoga
Youtube: www.youtube.com/c/satvikayoga
SoundClound: soundcloud.com/alefioriyoga
Site: www.satvikayoga.com

Ale Fiori

Escrito Por Ale Fiori

Tenha uma vida mais plena e equilibrada com as colunas da Jornalista e Instrutora de Ioga Alê Fiori.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Restaurantes e bares agonizam no DF

Restaurantes e bares agonizam no DF

O que pensam os pais de Águas Claras sobre o retorno às aulas

O que pensam os pais de Águas Claras sobre o retorno às aulas

Teste!