in ,

Pornografia além da caixa

Da origem até superar os maiores sites do planeta

A pornografia surgiu sutil, com revistas e vídeos que você precisava ir a um acesso restrito nas antigas vídeo locadoras para conseguir locar. Num mundo digital com tudo a um clique a pornografia alcançou o ares inimagináveis! Amazon, Twitter e Netflix juntas,tem menos acessos que o Pornhub que conta com cem milhões de acessos diários!

Em si a pornografia não tem nenhum problema, ao contrário, ajuda a alimentar o desejo, aumentar a fantasia, primeira fase da resposta orgástica. Todavia, algo que era usado como forma de alimentar o desejo e apimentar as relações vem causando problemas de relacionamento, sofrimento, disfunção erétil, anorgasmia e tantos outros problemas.

O cérebro do viciado

Ocorre que com a possibilidade de abrir 10 ou 50 telas ao mesmo tempo vendo coisas com as quais você sequer sonharia, a pessoa fica viciada e seu cérebro passa a funcionar da mesma forma que um viciado em cocaína, álcool ou compulsão alimentar. Nas mulheres a excitação provoca oxitocina que é o hormônio do afeto, já nos homens libera vasopressina que induz ao foco e persistência e por isso eles ficam horas e horas navegando.

O vício causa tanta dor como é possível ver no documentário de Rocco Siffredi, maior ator pornô masculino até hoje quando ele chora falando da compulsão. Na vida real vejo isso no consultório atendendo homens que não “funcionam” mais com suas parceiras. Mais disso, as crianças a partir de 9 e 10 anos estão consumindo pornografia sem sequer terem tido educação sexual. Com o advento dos smartphones tudo se propaga mais rápido que a velocidade da luz.

A pornografia tradicional reforça estereótipos, homens dominando, mulheres sendo submissas e mais que isso, sendo violentadas. Quem aprende desse jeito vai reproduzir depois. Como será o mundo com essas crianças sendo hoje formadas desse jeito? Você controla o celular de (a) seu (ua) filho (a)?

Nova era com o feminismo

Uma nova era se instaurou com o movimento do pornô feminista encabeçado por Erika Lust que trás sim cenas eróticas e explícitas mas, sob novo enfoque. Por instinto homens e mulheres sempre irão copular e se isso chegar de forma saudável vai ser a cereja do bolo de todos os casais e não a glicose que mata o diabético.

Vale ressaltar que pessoas viciadas em pornografia criaram o movimento NoFap para absterem-se de pornografia e masturbação. Entretanto elas acabam se afastando da sexualidade, do afeto, do contato com o outro que é uma das coisas mais sagradas que temos!

Se você é viciado e desenvolveu disfunção erétil procure um terapeuta sexual. Não recorra a remédios de efeito instantâneo. Não troque um vício por outro!

Karen Rechmann

Consultora em Sexualidade

Face: https://www.facebook.com/karen.rechmann

Insta: https://www.instagram.com/karenrechmann/

Tel/zap: 61-98561.1810

Karen Rechmann

Escrito Por Karen Rechmann

A Sexualidade é linda, infinita e infelizmente cercada de tabus e preconceitos! Ter esse canal é tirar o mofo do travesseiro, falar de nossas dúvidas, receios e poder aprender! Vamos juntos até Nárnia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menina atingida por bala perdida em Águas Claras

Menina atingida por bala perdida em Águas Claras

Operação Magister, prende servidores suspeitos por fraude em concurso público

Operação Magister, prende servidores suspeitos por fraude em concurso público

Teste!