Moradores do residencial localizado no shopping DF Plaza passaram por um susto na noite de ontem (25). Eles tiveram de deixar o local após suspeita de risco de desabamento do prédio. O Corpo de Bombeiros em conjunto com a Defesa Civil vistoriaram o local e localizaram pequenos danos em dois pilares da garagem. Porém, segundo o Corpo de Bombeiros, foi descartado o risco iminente de o edifício cair.

O socorro foi acionado pela própria engenheira do prédio. De acordo com os bombeiros, apesar do laudo da Defesa Civil indicando que não havia necessidade de evacuação, a empresa responsável pelo shopping optou por se precaver e fazer a retirada dos moradores.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu a ocorrência às 21h17 e contou com quatro viaturas e 13 militares. A operação foi encerrada às 2h15.

Segundo moradores, por volta das 5h da manhã, começaram a ser chamados para uma reunião no mezanino. E ao questionarem a necessidade de tal movimentação àquela hora, receberam a informação de que o prédio deveria ser evacuado.

Os moradores foram organizados em duas filas para receber documentos. Um deles trazia a declaração da fissura em um pilar do edifício, na torre D do condomínio. Após análises preliminares, a evacuação do prédio foi recomendada como precaução para evitar riscos.

Imagem da garagem – Fonte: Corpo de Bombeiros

Ainda segundo relato dos moradores, a princípio, a evacuação será de 5 dias. O que também teria sido recomendado pela Secretaria de Segurança.

Após o preenchimento de um cadastro, os moradores receberam a opção de receber R$ 2.500,00 ou a estádia em um hotel durante o período de evacuação.

Após os cinco dias, a administração do edifício terá as informações necessárias para saber se poderá seguir com os reparos com os residentes vivendo nos apartamentos ou se será necessário prolongar o período de afastamento.

Avaliação preliminar

Segundo a equipe da Defesa Civil, órgão fiscalizador, que esteve no local, o prédio vai precisar de escoramento e monitoramento. Em nota, também cobrou dos responsáveis o diagnóstico completo da situação e um cronograma de solução do problema. Por enquanto, para a instituição, não há risco de desabamento.

Segundo o CBMDF, foram localizadas danos pequenos em dois pilares na região da garagem e foi descartado o risco iminente de desabamento. De forma preventiva, duas viaturas estão mobilizadas no local monitorando o desenrolar da situação.

Share This