in ,

Menos Discussões

07/05/2019

| por:Natália Ribeiro

“Se o adversário é inferior a ti, por que brigar; Se o adversário é superior a ti, por que brigar; Se o adversário é igual a ti, compreenderá o que tu compreendes; Então… não precisará haver luta”.

Qualquer debate não tem serventia. O próprio ato de debater é uma idiotice: ninguém pode atingir a verdade pela discussão. Todas as discussões são uma enorme perda de tempo, porque provocam um clima no qual qualquer entendimento entre duas ou mais pessoas se torna impossível, onde sempre há más interpretações.

Uma pessoa que está disposta a vencer não consegue compreender nada. Isso é impossível, porque a compreensão necessita de uma mente pacífica e não violenta. E quando você está lutando pela vitória, você tem, obrigatoriamente, que ser violento.

Quando a vitória é o objetivo, a verdade é sacrificada. Já quando a verdade é a meta, você pode sacrificar a vitória. Quem realmente entendeu a essência das coisas permitem que a verdade prevaleça.

Como você pode entender o seu adversário se você está contra ele? O entendimento necessita de empatia. É necessário ouvir o outro. Mas, em uma discussão, você não ouve o outro, apenas finge ouvir e, interiormente, fica se preparando para a resposta. 

Nas discussões, a verdade não é significativa. Por isso a comunhão nunca acontece. Você pode argumentar, e quanto mais argumentar, mais se separará do outro. Quanto mais discutir, maior será a separação.

Como você pode achar a verdade se não consegue entender o oponente, se não é capaz de nem mesmo ouvi-lo, se a sua mente, por dentro, continua arquitetando respostas? 

Quando você vence uma pessoa, ela na verdade não foi vencida. Ela se tornou sua rival, apenas esperando pelo momento certo de correr atrás do prejuízo. Quando você procura briga, você a encontra. Mesmo que ninguém o insulte, mesmo que ninguém queira brigar, você a encontra.

Por exemplo, se alguém ri de repente. O que te faz pensar que essa pessoa riu de você? Você não é o centro do universo! Por que, então, pensar que tudo é com você? Por um mundo com menos discussões e mais verdades

Natália Ribeiro

Escrito Por Natália Ribeiro

O que me fascina é o fato de poder mudar de ideia o tempo todo, sem ter vergonha disso. Sou metamorfose. Sou uma nova pessoa a cada segundo. Preciso, portanto, de reflexões sobre a vida. Não há conclusões certas ou erradas: há apenas filosofia. Vem comigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assaltante Leva Tiro de Policial em Águas Claras

Confira Linhas de Ônibus em Águas Claras Abaixo

Teste!