in

Casos de Esfaqueamento Assustam Moradores

25/06/2019

| por:Renato Queiroz

Na noite do dia 23 de junho, em crime ocorrido no Setor Habitacional Arniqueiras, localizado em Águas Claras, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um homem de 36 anos por tentativa de homicídio contra a própria cônjuge ao tentar esfaqueá-la.

De acordo com a família da vítima, os policiais foram contatados e chegaram rapidamente ao local em que o agressor estava.

Quando os policiais chegaram ao local do ocorrido,  a vítima já havia sido transportada ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT) pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e já não corria risco de vida.

                                                          Hospital Regional de Taguatinga

O agressor foi encontrado, com a ajuda de um familiar da vítima, na Área de Desenvolvimento Econômico (conjunto 16) e aparentava estar embriagado. Segundo o agressor, o crime foi motivado pois a companheira havia “estourado a cabeça dele”, provavelmente se referindo a alguma desavença anterior à agressão.

Em caso semelhante no Incra 6, mas no dia anterior (22/06/2019), outra mulher também  foi vítima de esfaqueamento causado pelo companheiro, Manoel Martirio tinha 45 anos e cometeu suicídio após o ocorrido, a diarista Ivanilde Ferreira, de 40 anos, segue em estado grave no Hospital Regional de Brazlândia.

                                          Hospital Regional de Brazlândia

Os policiais responsáveis pelo caso encontraram sangue no local do crime e colheram depoimento da filha do casal, que por sua vez estava presente enquanto o crime acontecia.

O corpo do agressor foi encontrado em uma árvore localizada no terreno da chácara em que morava, com uma corda em volta do pescoço, tudo de acordo com o depoimento prestado pela testemunha.

Manoel acreditava que estava sendo traído e esta foi a motivação do atentado, a filha do casal também citou em seu depoimento que dias antes o pai havia tomado veneno, esta que foi uma tentativa frustrada de cometer suicídio. A polícia encontrou a substância e a apreendeu.

Além de tudo, no depoimento havia registros de que Manoel embasava seu ciúme em mensagens que leu no celular da esposa, o celular ainda não foi encontrado, assim como a faca usada.

De acordo com a testemunha, Manoel dizia que a mulher havia lhe mostrado as conversas que trocava com o suposto amante, porém, nem o celular da esposa e nem a faca usada no crime não foram localizados pela polícia.

Também no domingo (23/06/2019), em um Bar na cidade de Planaltina,  houve um terceiro caso de mulher esfaqueada, a vítima foi reconhecida como Ana Paula Andrade Silva, de 30 anos. Diferente das outras duas mulheres, Ana foi óbito no local do crime, o assassino segue foragido e não identificado, mas ao que parece era conhecido da vítima.

Já segue nosso Instagram? Segue lá e participe dos nossos sorteios e saiba tudo que acontece em Águas Claras. @aguasclarasmidia

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br  


Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebookwww.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagramwww.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtubewww.youtube.com/aguasclarasmidia

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

Patricia Rebelo

Escrito Por Patricia Rebelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Após Grande Procura, GDF Promete Mais Multirões para Colocação do DIU

Governo Libera Trabalho Aos Domingos e Feriados Em Portaria Publicada dia 19/06

Teste!