in ,

Qual a sua dúvida ?

Você tem dúvidas sobre como cuidar do seu cachorro?

A gente sempre recebe mensagens com dúvidas e perguntas de clientes, amigos e leitores. Se você tiver alguma, manda uma mensagem para o nosso e-mail pethotelparkway@gmail.com . Temos o maior prazer em responder.

Pergunta: Tenho duas cachorras, uma castrada e outra não castrada que brigam de vez em quando e se machucam. Porque isso acontece? O que estou fazendo de errado? (Beatriz, Aguas Claras)

Resposta: Algumas raças são predispostas para briga. Se for esse o caso, adestramento e socialização podem ser uma solução. Porém alguns elementos funcionam como um gatilho para brigas como comida, disputa por brinquedos, gritaria, barulho de fogos ou trovão e ciúmes. Fique atenta ao que pode ser o gatilho no seu caso. O ideal é separar as duas na hora de comer e recolher os comedouros em seguida. Só brincar com as duas juntas se houver controle, ou pode haver briga pelo brinquedo. Em caso de chuva ou fogos, proteja seus cães em ambientes separados até que elas se acalmem.  Quando houver briga não grite, pois o cão pode entender como mais um incentivo e continuar a morder. Se puder levante um dos cachorros pelas patas traseiras de forma bem rápida e mantenha no alto até eles se acalmarem. Depois separe as duas por um tempo até que as energias voltem ao estado normal. Mas fique atenta: quando começarem a rosnar tente mudar o foco com uma fala, uma brincadeira ou um carinho. Tratar com amor sempre é o melhor remédio. Bater, nunca.

Pergunta: Meu cachorro pega minhas coisas em casa. O que posso fazer para diminuir os estragos? (Thiago, Park Way)

Resposta: Se seu cãozinho tem esse hábito, provavelmente está precisando gastar energia. Cachorros precisam de atividades que o ajudem a canalizar energia e brincadeiras gostosas. Se você tiver tempo, saia com ele todos os dias para passear. Deixe o cão cheirar a rua, parar para marcar os espaços (fazer xixi) e se possível ficar solto em ambientes seguros (parcão, por exemplo). Em casa ofereça brinquedos desafiadores. Existem vários mordedores nos mercados que podem ajudar nessa missão, especialmente aqueles que escondem petiscos. Mas atividade física é sempre a melhor solução. As creches podem ser uma excelente saída para que não tem tempo suficiente para dedicar aos passeios. Alguns brinquedos caseiros também podem ajudar, como um nó em uma toalha velha ou uma garrafa pet com alguns grãos de ração dentro.

Pergunta: Pretendo adotar outro cachorro para fazer companhia para o meu. Qual a melhor maneira de introduzir os dois ? (Livia, Aguas Claras)

Resposta: Quando um novo cãozinho chega na matilha, ele também se sente um intruso. É preciso apresentar o espaço para ele, de preferência sozinho. Deixe que ele descubra sua nova casa e se sinta relaxado. Depois disso, apresente o novo aumigo, que também pode sentir seu espaço invadido. O ideal é apresenta-los primeiro em um ambiente neutro, no parque, na rua ou na creche e só depois levar os dois juntos para casa.

Pergunta: Meu cachorro está ficando gordo. Devo mudar a alimentação dele para natural ou trocar a ração? ( Guilherme, Aguas Claras)

Resposta: O metabolismo do cachorro é bem diferente do nosso. Não podemos oferecer alimentação humana, a não ser que seja preparada de modo apropriado para eles. Existem dietas naturais no mercado que tem a medida certa de calorias para cada raça, tamanho e objetivo.  Se preferir manter a ração, fique atento ao fabricante e a qualidade do alimento. Nos pacotes costumam vir descritas as quantidades corretas. Talvez você esteja oferecendo a mais do que a necessidade diária. Lembrando que quando oferecemos frutas, legumes e petiscos entre as refeições, também estamos dando calorias a mais. Nunca deixe comida à vontade. O ideal é ter horários fixos para comer. E claro, sempre fazer exercícios. O passeio com o dono é fonte inesgotável de prazer para o cãozinho.

Pergunta: Como escolher qual o melhor cachorro para ter em casa? Meu filho está pedindo faz tempo e não sei qual decisão tomar. ( Silvia, Arniqueiras)

Resposta: Antes de mais nada a decisão de ter um cachorro em casa não deve ser para satisfazer a vontade de uma criança, pois a animais não são brinquedo e exigem muitas responsabilidades e comprometimento. Infelizmente é muito comum a família abandonar ou doar o animal quando percebe que não estava pronta. E é sempre um trauma para o cachorrinho.  Então só adote ou compre se estiver pronta para isso. Se for adotar, procure os abrigos e escolha o cãozinho por afinidade. Dizem que eles costumam escolher o dono, e não o contrário. Se preferir comprar procure um canil certificado que se preocupe com a linhagem e o bem estar das matrizes e filhotes. Fuja de feiras livres e canis clandestinos onde não há garantia de raça, saúde e comportamento. Existem labradores sapecas e labradores tranquilos. O que percebemos é que o tratamento dado pelos donos reflete no comportamento do animal. Tutores amorosos, comprometidos e tranquilos tem filhotes amorosos, companheiros e tranquilos. A agressividade não nasce com o animal, mas pode ser estimulada pelos donos. Assim como o amor. Então escolha o amor. Leve em conta também o porte do animal e o espaço físico que você tem em casa para não deixar um bichinho que goste de correr preso em um apartamento, por exemplo. Portanto, antes de ter um cachorro em casa avalie bem todas as responsabilidades e certifique-se que está pronta para ser uma boa tutora.

Nós adoramos cuidar dos cães e fazemos isso com muito carinho. Mande sua mensagem, compartilhe nossos artigos e ajude a construir um mundo melhor para todos os animais.

Dr. Antonio Galvão – CRMV 2149-DF

@pet_hotel_park_way

Avatar

Escrito Por Antônio Galvão

Um lugar onde podemos falar sobre nosso melhor amigo e tirar todas as dúvidas do mundo pet com o Dr. Antônio Galvão Scarabuci Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Época exige cuidado redobrado na hora de comprar peixes

Época exige cuidado redobrado na hora de comprar peixes

Seis meliantes presos pelo GTOP  em Águas Claras

Seis presos pelo GTOP em Águas Claras

Teste!