Recentemente foi divulgado o maior vazamento de dados até hoje. Na lista de informações estão nome completo, data de nascimento, CPF, números de telefone, entre outros (além de dados de milhões de veículos).

Tudo isso nos demonstra um alto risco, por esse motivo a recomendação de especialistas é, a partir de agora, acompanhar com frequência extratos bancários e de cartão de crédito a fim de verificar a tempo movimentações irregulares.

Apesar de a suspeita inicial recair sobre a empresa Serasa Experian, a mesma nega ser a fonte e especialistas afirmam que seria difícil uma única instituição possuir um banco de dados tão vasto, sendo possível que ele tenha sido construído aos poucos, com cruzamentos de origens diversas.

Cabe lembrar aqui que, com a Lei Geral de Proteção de Dados, qualquer empresa que tenha informações pessoais de clientes em sua base deve garantir a integridade desses dados, sendo que, em caso de vazamento, pode ser fixada multa de até 2% do faturamento (até R$ 50 milhões) – em que pese as cobranças só possam ocorrer a partir de agosto.

Sobre este polêmico caso, a ANPD ( Autoridade Nacional Proteção de Dados )informou estar apurando as informações e atuando de maneira cooperativa com os órgãos de investigação para descobrir a origem do vazamento, além de medidas de contenção. Atualmente, o episódio já é alvo de pelo menos duas investigações: pela Secretaria Nacional do Consumidor e pelo Procon-SP.

O Ministério Público também já está analisando a situação e a OAB inclusive cobrando uma posição mais incisiva por parte da ANPD, visto os rigorosos padrões de proteção previstos pela LGPD, bem como o fato de que, apesar de as multas ainda não poderem ser aplicadas, existem outras condições legais e administrativas de adotar as providências cabíveis.

Apenas recentemente a ANPD definiu os integrantes de seus principais cargos e percebe-se que ela já está iniciando seus trabalhos em meio a uma polêmica muito grande. Mas, é justamente neste momento em que mais se precisa de sua atuação e de uma firme posição para “mostrar a que veio”. A FORÇA da proteção de dados está mais do que evidente e isso felizmente só tende a crescer!

Siga-me nas redes sociais:

Instagram

Linkedin

Site: www.tih.com.br

E-mail: operacoes@tih.com.br

Já segue nosso Instagram? Segue lá e participe dos nossos sorteios e saiba tudo que acontece em Águas Claras. @aguasclarasmidia

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br  

Site: www.aguasclarasmidia.com.br
Facebook: www.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagram: www.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitter: www.twitter.com/aguasclaramidia
Youtube: www.youtube.com/aguasclarasmidia

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click




Share This
Participar