in

Congelamento de salários do setor público é aprovado

Neste sábado (2), Senadores aprovaram o texto que estabelece a compensação a Estados e Municípios pela perda de arrecadação gerada pela pandemia. Dentre os tópicos mais discutidos foi o congelamento dos salários dos servidores públicos dos âmbitos Estaduais, Federais e Judiciários. Excluindo desta lista os servidores da saúde, segurança pública e das forças armadas.

Foto:Senado Virtual

A contenção de despesas relacionadas ao programa de enfrentamento da COVID-19 recai ao controle da folha de pagamento dos entes federados. Agindo desta forma nos reajustes salariais, reestruturação de carreiras, contratação de pessoal e concessões pelo prazo de 18 meses. Gerando uma economia, estimada de R$130 bilhões aos cofres públicos.

Exceções

A maioria dos senadores justificaram os reajustes apenas para os servidores da linha de frente, como são chamados os profissionais da saúde e segurança, dado ao alto grau de risco que os envolvem para manter e garantir a vida da população.

O Senador Davi Alcolumbre ressaltou que o diálogo e entendimento prevaleceram mais uma vez na Casa. Foi aprovada a criação do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Em texto, agradeceu a todos os senadores que se manifestaram em relação a excetuarmos tais servidores e protegermos os que estão na ponta, salvando e preservando vidas do povo brasileiro. Sendo muito elogiado pelo sanador Fernando Bezerra líder do governo.

Nelson Rizzo

Escrito Por Nelson Rizzo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de 85% da população já usa máscaras no transporte público

Mais de 85% da população já usa máscaras no transporte público

Saúde divulga boletim epidemiológico semanal da dengue

Teste!