in

BRB enviará boletos de IPVA pelo correio

BRB enviará boletos de IPVA pelo correio

Atenção, contribuintes do Distrito Federal. O Banco de Brasília (BRB) já está enviando desde terça-feira (11) os boletos para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), exercício 2020. A medida vai permitir que os usuários recebam a guia impressa na comodidade de suas residências.

Alguns contribuintes que já receberam os borderôs ficaram apreensivos pensando ser algum tipo de golpe. Mas não é. Foi uma iniciativa do BRB para facilitar a vida de quem não tem acesso a internet.

Para o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, a medida traz conforto aos brasilienses. “O BRB trabalha para ser o banco de toda a cidade. A impressão e envio das guias do IPVA vai facilitar a vida principalmente dos que ainda têm dificuldade de acesso à internet”, afirma. 

“Essa medida reforça uma marca deste governo, que são as ações integradas entre secretarias, órgãos e empresas de economia mista. Neste caso, a parceria permite que se dê mais opções de pagamento ao contribuinte”, reforça o secretário de Economia, André Clemente. 

Em 2020, o IPVA poderá ser pago em até três parcelas, iguais e sucessivas, não podendo cada uma ter valor inferior a R$ 50. Caso o valor do imposto seja inferior a R$ 100, será cobrado em cota única, no mês de fevereiro. O boleto não tem guias de pagamento do CRVL e seguro-obrigatório, apenas do IPVA. 

As datas de vencimento das parcelas são definidas em função do algarismo final da placa do veículo. E atenção: a primeira data de vencimento, que são para as placas de final 1 e 2, é em 17 de fevereiro. 

Além do boleto enviado pelo BRB há outras formas de quitar o tributo: pelo aplicativo Economia DF, fornecido pela Secretaria de Economia do DF e disponível nas lojas Apple e Android; pelo portal da Secretaria de Economia; em um dos postos de atendimento do Na Hora; em uma das agências de atendimento da Secretaria de Economia/DF; ou em um dos postos de conveniência do BRB.

Até esta quinta-feira (13), o GDF arrecadou R$ 11,1 milhões com o tributo, segundo dados do Portal da Transparência. 

Não deixe para quitar o débito na última hora. No ano passado, a taxa de inadimplência do imposto foi de 10%, totalizando R$ 134 milhões em tributos vencidos. A falta de pagamento do imposto pode levar o contribuinte a ser inscrito na Dívida Ativa e ser cobrado pela Justiça, além de ter um aumento de 10% no valor final.

Envio de e-mails
Como forma de lembrar os contribuintes, a Secretaria de Economia do Distrito Federal tem enviado e-mails para lembrar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A medida, inédita para este tributo, reforça a publicidade e importância de quitar o débito no prazo certo. No entanto, é preciso ficar atento a possíveis erros, golpes e fraudes na hora de liquidar o imposto.

O envio de mensagem eletrônica para cobrança de tributos geridos pela Secretaria de Economia teve início em 2019 com o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). O sucesso da ação fez com que a pasta aplicasse a medida também para o IPVA e aprimorasse o sistema automatizado utilizado para esse fim.


Calendário IPVA DF 2020 

  • Números 1 e 2: 17/2/2020, 16/3/2020 e 13/4/2020
  • Números 3 e 4: 18/2/2020, 17/3/2020 e 14/4/2020
  • Números 5 e 6: 19/2/2020, 18/3/2020 e 15/4/2020
  • Números 7 e 8: 20/2/2020, 19/3/2020 e 16/4/2020
  • Números 9 e 0: 21/2/2020, 20/3/2020 e 17/4/2020

*Fonte: Agência Brasília

Avatar

Escrito Por Stéffany Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dia D para vacinação contra sarampo nesse sábado

Dia D para vacinação contra sarampo nesse sábado

Pré-carnaval em Águas Claras

Programação de Carnaval em Águas Claras

Teste!