17/08/2017

| por:Patrícia Rebelo

R

A adutora da Caesb que se rompeu por volta das 5h40 desta quinta é considerada de grande porte pela Caesb – tem um metro de diâmetro. Na altura do viaduto Israel Pinheiro, o problema complicou o trânsito de quem seguia para o Plano Piloto pela manhã. A adutora abastece imóveis de Águas Claras, Vicente Pires e Guará.

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal) liberou as faixas exclusivas da EPTG e EPNB, até a meia-noite desta quinta-feira (17). A medida é para amenizar o engarrafamento causado após interdição de trecho da EPTG depois que uma adutora se rompeu e alagou parte da via na manhã desta quinta-feira.

Fonte: G1

A Caesb informou que Taguatinga Centro e Sul (quadras QSA), Colônia Agrícola Águas Claras, Super Quadra Brasíla, Lúcio Costa e Expansão do Guará estão sem água por causa do problema. Todas as regiões fazem parte do sistema Descoberto. Guará I e II ficaram de fora porque são abastecidos pelo Sistema Santa Maria.

A corrente da adutora quebrada foi fechada por volta das 6h40. A água que saiu depois disso é o restante da tubulação que ainda “escorria”. O volume de água foi tão grande que inundou o pátio de uma pousada da região

Todas as faixas da marginal precisaram ser interditadas no sentido Plano Piloto. Por causa do desvio, a via expressa apresentou lentidão desde a entrada de Águas Claras. O engarrafamento chegou a 3,5 km de extensão nesta manhã. Houve registro de acidentes de pequeno porte. Às 8h15, ainda havia lentidão na EPTG e em trecho da EPNB.

Até agora, 08:43, a EPTG continua interditada.E a saída de Águas Claras continua muito difícil.

Fonte: G1

Participe do Grupo de WhatsApp Águas Claras Mídia – Envie nome e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br

Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebookwww.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagramwww.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtubewww.youtube.com/aguasclarasmidia

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

Share This
Participar